O que avaliar dentro de si

Contribuição da nossa mentora Marcia Bastos

Nos últimos meses tivemos muitos desafios e você já refletiu como se comportou diante de tudo isso?  

Fazer uma reflexão a respeito de si mesmo é uma ação válida em diversos aspectos da vida para que você possa descobrir como que está lidando com seus relacionamentos, seus estudos, sua posição no mundo e com o seu lado profissional.

A autoavaliação é resultado de um autoconhecimento obtido com sucesso que dará munição contra a falta de motivação. Isso é possível, pois, ao se conhecer, você entende como sua mente funciona, o que impulsiona, o que faz infeliz, quais são os pontos da sua vida que devem ser aprimorados e ainda evitará cometer os mesmos erros do passado, proporcionando a si mesmo um futuro mais sólido, saudável e assertivo.

E como fazer sua autoavaliação?

O primeiro quesito que você tem que ter nessa avaliação é ser sincero, pois mentir não levará a lugar nenhum. Cedo ou tarde, a falta de verdade não conseguirá mais se sustentar. Fazer uma autoavaliação não é uma tarefa fácil, principalmente se você nunca teve esse costume antes, ou até mesmo se tem dificuldades em olhar para si mesmo. Para começar, é necessário que você faça uma profunda reflexão sobre você, analisando alguns aspectos e para isso, é necessário pegar um papel e uma caneta e se fazer as próximas 5 perguntas:

1. O que eu faço de melhor?

Identifique quais são as qualidades que você tem, sejam elas relacionadas à sua carreira ou não. Ao identificar o que você faz de melhor, você poderá explorar essas virtudes e usá-las para ter um maior desempenho dentro de sua empresa e na vida profissional em geral.

2. Qual é a minha melhor característica?

Importante reconhecer qual é sua melhor característica pessoal. Pode ser organização, gentileza, liderança… Ao saber o que destaca você das demais pessoas, já terá meio caminho andado para que você explore o que tem de melhor e use isso para melhorar a qualidade de vida dos colegas que trabalham com você.

3. Quais são meus defeitos?

A autocrítica é algo difícil, pois muitas pessoas têm dificuldades sérias em reconhecerem seus pontos que não são tão bons assim. Porém, é fundamental saber quais são seus defeitos, não para se sentir diminuído, e sim, para entender quais são os pontos que você precisa melhorar, pois eles podem ser exatamente o que está atrapalhando o seu desenvolvimento e o seu relacionamento com seus colegas. Eles podem ser as famosas características sabotadoras. Ninguém merece isso no dia a dia, não é mesmo?

4. Quais são minhas dificuldades e bloqueios?

Pare e pense: quais são as suas maiores dificuldades do cotidiano? Podem ser as coisas simples, como incapacidade de acordar cedo ou até mesmo uma timidez que impede você de se impor em certas situações. Suas dificuldades não são necessariamente defeitos, porém, devem ser igualmente trabalhadas. Lembre-se de que o primeiro passo para a mudança é reconhecer o que precisa ser mudado! Ao saber essa informação, seu gerente ou outro superior poderá ajudar com esse ponto, fazendo com que você tenha um desempenho maior dentro da corporação.

5. O que eu busco na vida profissional e pessoal?

Nesse momento é importante avaliar o que você quer para sua carreira atrelado a sua vida pessoal. Você busca por um lugar estável que proporciona um salário bom? Ou prefere um emprego que dá oportunidade de viajar sempre sem rotina definida? Pretende ser um executivo com um cargo alto ou visa gerenciar uma pequena equipe? É importante estar em um lugar que permite que você tenha tempo para a família e amigos? Além disso, é importante que colocar o que faz você ir trabalhar todos os dias. É a oportunidade de ter um cargo melhor? É a chance de ganhar mais para ter sua casa própria? É o modo de adquirir mais conhecimento?

Com todas essas questões respondidas, basta você estipular metas que o irão ajudar a alcançar o que deseja. Essa autoavaliação servirá para mostrar o momento que você está em sua vida, dando a oportunidade de se conhecer melhor e estabelecer aonde quer chegar.

Algumas dicas importantes para sua autoanálise:

·      Suspenda todo e qualquer tipo de julgamento

·      Tenha sonhos e objetivos em todas as áreas de sua vida

·      Seja coerente com a realidade

·      Pense criticamente

·      Elabore estratégias de mudanças

É sempre bacana fazer esse balanço pessoal, mas não se esqueça que o Hub pode te ajudar nessa jornada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: