Acender a luz do outro não apaga a sua

Por José Haddad – mentor de autoconhecimento

Não somos egoístas quando brilhamos. Somos egoístas quando impedimos que nossa luz brilhe para o mundo.

Precisamos acreditar que possuímos recursos internos para passar por tudo o que nos acontece.

Por mais difícil que nos pareça uma situação, precisamos identificar o que a vida quer nos comunicar.

Quais os insights importantes que devem fazer parte de nossas reflexões.

O que temos escolhido viver? De que forma temos contribuído para um mundo igual e com direito a todos?

Temos escolhido “ter” ou “ser”?

Aproveite esses novos momentos e contribua de alguma forma, levando um pouco de sua luz ao outro.

Se compreendermos que a vida funciona em ondas, talvez seja menos difícil entender os sinais que ela nos dá.

Concorda comigo?

O que você costuma compartilhar?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: